29 de novembro de 2016

Mais marcadores! #44

Os exemplares de hoje são “p’ra menina e p’ro menino” ou não estaríamos a falar de cor-de-rosa e de azul, as cores que, tantas e tantas vezes caraterizam os dois sexos. Desde criança até serem adultos. Ou até serem já “velhotes”, não importa! O que realmente importa é que são dois marcadores algarvios, bem animados, infantis (talvez!) mas, muito bonitos.




Qual dos dois vos agradou mais? O cor-de-rosa do polvo ou o azul do caranguejo?

(Desculpem a qualidade dos mesmos mas, penso que dá para entender a ideia subjacente!)

27 de novembro de 2016

A aprender é que a gente se entende! #6

Ou pelo menos parece entender-se, não é verdade? No caso de hoje, não será bem uma aprendizagem que vos transmito. Talvez seja para mim ou para vocês ou para quem saiba ou queira aprender o mandarim. Estão confusos e sem perceber nada do que estou a dizer? Pronto… eu explico. O exemplar de hoje mostra, como devem calcular, a China. Mais concretamente uma universidade chinesa fundada em 1898. Há muitos e muitos anos atrás. E que bonita que ela é mas… alguém consegue descodificar o que está escrito no resto do marcador? Eu cá não consigo mas conto com a vossa (preciosa) ajuda na descodificação desta língua. Talvez assim seja mais fácil perceber a “mensagem”.

 

25 de novembro de 2016

A beleza também conta! #21

No dia de hoje mostro-vos uma “beleza” bem interessante e distante (até rimou!). Pertence a Viena de Áustria e representa os mais belos monumentos que por lá podem (e devem) visitar. Uma cidade com muito para oferecer quer em termos de paisagens, quer em termos de cultura. Uma cidade que não me importava (nadinha) de visitar vezes e vezes sem conta. Afinal o que importa é passear (caso gostem de o fazer!), quer seja no nosso país quer seja fora. Sempre ganhamos ideias e conhecimentos que nunca são demais nesta vida.



E vocês gostam de passear? Já alguma vez foram a Viena de Áustria?

 

22 de novembro de 2016

Marca de Portugal #22

A “Marca”, de hoje, tem subjacente um nome muito conhecido: Fernando Pessoa! Poeta, escritor, publicitário, filósofo. O homem dos “sete ofícios”. O homem que sabia que tinha talento. Que tinha um pensamento profundo que muitos achavam fascinante e outros complicado.  Que muitos adoravam e outros nem por isso. O que importa, na realidade, é que marcou a literatura portuguesa pela positiva e nós só nos podemos orgulhar disso mesmo. Afinal de contas é graças a Álvaro de Campos (heterónimo de Fernando Pessoa) que temos em nós “todos os sonhos do mundo”, não é verdade?

20 de novembro de 2016

A beleza também conta! #20

A “beleza” que, hoje, tenho o prazer de vos apresentar é tipicamente portuguesa. Ou melhor, tipicamente bracarense e mostra os famosíssimos trajes desta cidade. São bonitos, coloridos e vistosos. Quem passa por eles, não consegue ficar indiferente. E porque será? Porque são tradicionais? Pouco discretos ou simplesmente bonitos? Não sei… digam-me vocês (nos comentários!). 

17 de novembro de 2016

25000!

E já passou bem mais do que um ano desde que “A Marca da Marta” nasceu. Passou tão rápido e foi tão bom! Espero que continue assim! Sentir que o tempo passa rápido (o que significa que foi agradável!) e que eu continue a fazer o que mais gosto: ser blogger e escrever para vocês, praticamente todos os dias.
Obrigada por estas 25 000 visualizações e por estarem, SEMPRE, desse lado. São vocês que todos os dias me tornam mais e mais feliz! Um grande obrigada a todos e não deixem de acompanhar este cantinho pois haverá sempre surpresas.


16 de novembro de 2016

A aprender é que a gente se entende! #5

Esta rubrica já não aparecia há algum tempo, há algumas semanas, mais concretamente. No entanto, hoje veio e decidiu “fazer das suas”.  Ou melhor, mostrar das suas. É sempre bom aprender (digo eu!).
Mostro-vos, em baixo, um marcador relacionado com o Carro dos Pastores, uma tradição na cidade de Braga. Estamos a referir-nos a uma representação teatral bem animada e onde se pode observar um carro forrado a cortiça e decorado, na sua totalidade, com ervas e flores, que lembram o nascimento de São João Baptista realizado neste dia. Uma festa imperdível e original, não concordam!? E o que acham deste exemplar?




13 de novembro de 2016

Chiado Editora #3

Há já algum tempo que não vos trazia um livro novo. Ou melhor uma “review” de um livro que a Chiado Editora me ofereceu gentilmente. Para os mais distraídos é bom lembrar que “A Marca da Marta” já tem esta parceria há muito tempo (e ainda bem!). Eu diria que foi das primeiras a aparecer pelo blogue.
A obra escolhida, por mim, para ser lida e analisada, durante o mês passado, designa-se por “Em Busca das Borboletas I Volume" e pertence a Margarida Pizarro. Este livro fala-nos de “três mosqueteiras” que são as melhores amigas. Partilham felicidades mas, também, tristezas. Partilham amor mas, sobretudo uma grande amizade. Daquelas amizades mesmo bonitas de se ver. Conhecem os segredos umas das outras e aquilo que realmente as faz feliz.
A personagem principal chama-se Maria Mendes e é uma sonhadora. Uma sonhadora que se apaixona loucamente por Dale e, apesar de no início achar que tem que o tirar da cabeça, acaba por finalmente o considerar “o grande amor da vida dela”. O que é certo é que Dale quer (com a pressão do pai) tornar-se Senador dos Estados Unidos da América, o que acaba por acontecer mais tarde. No entanto ele terá que se dedicar a 100% à carreira política. Onde fica Maria Mendes? Querem saber não é!? Pois também eu… porque nem eu sei. Para saber a história final terei que ler o Volume II desta “saga” e perceber se realmente ficam juntos ou não.
Estou a falar-vos de um romance fantástico que nos prende desde o início. Admito que li este livro num instante de tão bom que é. Cativante. Interessante. Humorístico. Três adjetivos que caraterizam tão bem este volume.


Nota: Esta publicação é patrocinada, no entanto a minha opinião é totalmente sincera.

E vocês já conheciam este livro? Ficaram com vontade de o ler?
 

12 de novembro de 2016

Mais marcadores! #43

Os marcadores de hoje parecem que vêm no seguimento dos mostrados na quarta-feira. Não vêm! Foi pura coincidência! No entanto, nunca é demais reforçar a importância que Coimbra tem para mim. Tudo nesta cidade é fascinante incluindo os seus monumentos. Daí surge, mais uma vez, a Biblioteca Joanina e toda a sua história:



9 de novembro de 2016

A originalidade não tem limites! #7

A “originalidade”, de hoje, é bastante engraçada. Mostra-nos a minha cidade do coração (para quem não sabe: Coimbra), a cidade dos estudantes e do Fado. Mas não só. Também é conhecida pelas suas tradições e culturas. E claro, pelos seus monumentos. A famosa “Cabra” da Faculdade de Direito, o Jardim da Sereia e o Jardim Botânico, por exemplo. Mas foquemo-nos na  primeira, mais concretamente, na Biblioteca Joanina (um sítio a visitar, sem dúvida!). Não sei se sabem mas, esta tem morcegos e, como é normal, só aparecem de noite. Estão escondidos por entre os livros “a fazerem das suas”.
Pois bem… o exemplar, de hoje, mostra-nos os ditos: os morcegos desta Biblioteca. 




São giros não são? Já sabiam da existência deles nesta Biblioteca?


6 de novembro de 2016

A beleza também conta! #19

E, mais uma vez, está bem presente. Neste caso, na cidade de Braga. Tantas e tantas vezes mostrada e comentada na “Marca da Marta”. Não por nenhum motivo em especial mas, todos no geral. Ficaram confusos com esta justificação, não ficaram? Não fiquem! Resumindo, é uma cidade bonita e com muito para visitar. Para além disso (que já não é nada pouco!), também nos ensina alguma coisa, nomeadamente sobre o IV Centenário da Capela de São João da Ponte.

Deixo-vos com este marcador e com a sua pequena história:



3 de novembro de 2016

Marca de Portugal #21

A “Marca”, de hoje, representa (para variar!) um símbolo nacional. Neste caso, estamos a referir-nos não apenas a um, mas a um conjunto deles. A doze azulejos diferentes e bonitos. Podem estar presentes tanto em casas como em ruas, não importa. O que importa é que fazem parte do nosso património e permitem distinguir-nos dos outros países. Eu diria que são mais uma “riqueza portuguesa” (até rimei!).



Qual dos azulejos acham mais bonito? Já viram algum deles nas nossas ruas?


1 de novembro de 2016

Novembro!

O mês de novembro chegou num ápice. Com ele vem, também, o frio e, claro, os dias bem curtos (sim, isso já acontecia antes mas, agora, nota-se muito mais!). O que interessa é que venha carregado de boas energias, de sorrisos e de vitórias. Já que pensamentos positivos atraem coisas boas é nisso que nos temos que focar!

Bom mês!